Conheça mais profundamente nutrientes e alimentos que favorecem a saúde e beleza feminina

Alimentos e seus nutrientes podem também ajudar especificamente alguns itens da saúde e beleza feminina. Confira detalhes!

Ferro e Vitamina C

O ferro é um importante mineral para as mulheres devido à sua perda acentuada nos períodos menstruais. Quando consumido juntamente com a vitamina C, sua absorção é ainda maior. Feijão, lentilha, couve e carnes como o fígado são grandes fontes de ferro. Os alimentos fontes de vitamina C são as frutas cítricas: laranja, acerola, caju, goiaba, manga, maracujá, morango, maçã, acerola e  tangerina só para citar alguns exemplos. Esses alimentos são também antioxidantes, ou seja, combatem os radicais livres evitando o envelhecimento.

Cálcio, Fibra e água

O cálcio é um dos minerais mais importantes para as mulheres, pois previne a osteoporose — doença caracterizada por perda de massa óssea. Leite, queijo, iogurte, vegetais de folhas verde-escuras e peixes, se consumidos diariamente, podem prevenir ou minimizar a osteoporose.

Já a Fibra e a água minimizam a constipação intestinal, que é uma queixa frequente. Para solucionar este problema, procure beber muita água: de 1 a 2 litros todos os dias e aumentar a ingestão de fibras como verduras, legumes, frutas, cereais e grãos integrais. Ingerindo bastante água e consumindo fibras, além de ajudar no trânsito intestinal, você hidrata o corpo e ajuda na eliminação de toxinas pelos rins.

Chocolate meio amargo

O cacau, principal ingrediente do chocolate, tem um antioxidante poderoso que trabalha aumentando a irrigação sanguínea, retardando o aparecimento de rugas. O chocolate meio amargo, além de ser antioxidante, é também rico em flavonóides. Ajuda até na TPM, pois traz sensação de bem-estar.

Peixes e carnes

Uma dieta rica em Omega 3 e ácidos graxos — como a fornecida por peixes como o salmão e o linguado — auxilia na prevenção de doenças coronarianas. Outra forcinha é dada pelo zinco, existente nas ostras (e também no fígado, leite e farelo de trigo), que estimula a multiplicação celular. Não menos importante, o manganês, enxofre e magnésio — presentes nos frutos do mar e grãos — são minerais antioxidantes, prevenindo danos às células.

As carnes são boa fonte de proteínas, responsáveis pela formação, oxigenação e manutenção dos tecidos. Contêm um pouco de ferro, o que previne também a anemia. Outro ponto a favor: a carne é rica em zinco, que é um mineral antioxidante por natureza.

Carboidratos complexos

Os carboidratos complexos são os alimentos que melhor aumentam a produção de serotonina (ligada ao bem-estar) e, portanto, são mais relaxantes e têm ação mais prolongada. A lista de opções conta com massas integrais, cereais e leguminosas: arroz integral, macarrão integral, batata, pão integral, mandioca, inhame,(já citado acima) mandioquinha, batata-doce, feijão, grão-de-bico, ervilha, lentilha.

Arroz com feijão

Aposte em proteínas de origem vegetal. A combinação de arroz integral com feijão é uma boa dica, porque apresenta a mucuna, uma precursora de dopamina (ligada à sensação de prazer e motivação).

Castanhas e sementes

Quando o assunto é combater o estresse, não se esqueça das castanhas (noz, castanha-do-Pará, amêndoa, pistache) e das sementes (abóbora, gergelim e linhaça).

 

Fontes: M de Mulher, Ana Maria,Beleza e Saúde,vista-se.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *